Quero Vender meu Carro

Quero Vender meu Carro

Carro Zero | Por: | 26 jan 2016 | 0 comentário

Existem muitos motivos e situações que nos levam a vender nosso carro, seja por problemas financeiros ou porque simplesmente chegou a hora de comprar um carro mais novo.

O que definitivamente não pode acontecer é esta necessidade ou desejo tomar conta da situação e te levar a fazer um mau negócio. E, para que você não cometa erros diante dessas situações que podem dar muito dispêndio de dinheiro sem necessidade, quero deixar aqui algumas dicas que serão muito úteis e lhe ajudarão a ter total sucesso nesta negociação.

Você sabe que somos atraídos pelo que vemos... então, pense comigo: ver um carro que está sujo, mal cuidado, aparentemente sem nenhuma manutenção, é óbvio que não vai passar nenhuma segurança e muito menos ânimo para se iniciar uma possível negociação, não acha?

Certo... Vamos às dicas:

  • Aparência interna - leve o seu carro à um Lavacar e peça um serviço especial conhecido como "lavação de luxo". Seu carro ficará impecável por dentro! Se necessário, troque os tapetes caso tenha algum desgaste ou estejam rasgados. Observe com atenção todos os detalhes no interior do carro que podem parecer supérfluos para você, mas que para um possível comprador pode ser essencial, por exemplo: pequenas lâmpadas internas, volante desgastado, descolamento de forros ou mau encaixe de travas como as do porta-luvas e bancos, riscos no painel, enfim, são detalhes que chamam muito a atenção de quem compra.
  • Aparência externa - Os cuidados que mencionei acima, também envolvem o lado externo do carro. Neste caso, atente para os pequenos riscos nos para-choques ou até mesmo amassados que podem ser resolvidos facilmente, bastando um pequeno investimento. Isso já modifica e muito a aparência do seu carro. E só nesta dica você já estaria ganhando mais de 1 mil reais na negociação.
  • Pneus - É muito importante considerar itens como os que abordamos até aqui, mas outros itens externos que não fazem parte da aparência do seu carro, mas que têm extrema importância, são os pneus. Aliás, estes são itens que demandam ainda mais atenção, pois deles dependem a segurança dos passageiros. Se eles não estiverem em condições de uso, sugiro que compre um usado mesmo ("meia vida"), pois ao menos é possível escolher outros em melhores condições que os atuais, fazendo com que o comprador não exija baixar mais o preço do carro por causa de um jogo de pneus novos.
  • Manual - Parece uma preocupação boba, mas ter o manual à disposição do comprador causa uma impressão de cuidado, de que você zela pelo seu bem e que faz questão de manter seu carro bem conservado.
  • Notas Fiscais - As notas fiscais das manutenções feitas enquanto o bem esteve sob os seus cuidados são provas irrefutáveis a respeito do real estado do carro e aumentam consideravelmente a confiabilidade do comprador.
  • E por falar em confiabilidade.... o mais importante: seja honesto sempre a respeito da real situação do seu carro. Isso evita incômodos futuros.

 

Quer saber como você pode trocar de carro sem perder dinheiro?

Cadastre seu e-mail e assista a um vídeo que mostra o passo a passo

COMPARTILHE ESTE CONTEÚDO


Sobre o Autor


Foto Autor

João Paulo Machado

João Paulo é um apaixonado por carros, com anos de experiência neste ramo, comunicador, especialista em negociação e vem ajudando pessoas a trocar de carro sem perder dinheiro. [Saiba mais]

Paginação entre posts

Posts Relacionados


Não há posts relacionados.

Comentários


Deixe o seu comentário