Cuidados com Zero KM

Cuidados com Zero KM

Carro Zero | Por: | 16 fev 2016 | 1 comentário

Pode não parecer, mas este é um tema muito relevante.

É comum as pessoas dizerem que não compram carros seminovos ou usados porque não querem incômodos. Argumentam que o carro já teve outro dono, que desconhecem a verdadeira procedência e que por isso correm o risco de terem grandes aborrecimentos.

Este é o conceito que boa parte das pessoas têm até que se deparam com sérios problemas envolvendo carros Zero Km. Mas, não podemos culpá-las por pensarem desta forma, pois elas ainda não estão cientes dos segredos que envolvem o mercado de veículos.

Hoje em dia, as pessoas pensam em praticidade e sossego. Elas saem de suas casas prontas para comprar um carro Zero Km imaginando que esta é a melhor opção.

E é aí que mora o perigo!

Nestes momentos, como já venho mencionando, a emoção “cega” as pessoas, fazendo com que os cuidados necessários para uma boa compra passem despercebidos, transformando aquela sensação de conquista, alegria e satisfação numa terrível “dor de cabeça”.

Para ser mais enfático no que estou relatando, vou lhe contar a história de uma famosa da internet que comprou um carro Zero Km...

Ela conta que já tinha o tão desejado carro Zero Km em mente, e se preparou para comprá-lo. Foi até uma Concessionária, escolheu o modelo, a cor, os opcionais, etc. E, diga-se de passagem, o atendimento foi digno de uma rainha (nestas horas você é quase carregado no colo pelo vendedor).

Bem... ela fechou o negócio e assinou a papelada.

Ao buscar o carro na loja, teve uma surpresa: percebeu que o forro do teto estava amassado e que tinha manchas de cola no painel. Então, como era de se esperar, ela reclamou do que tinha visto. O vendedor, com muita atenção, disse que a peça a ser trocada estaria disponível em torno de 30 a 60 dias, então sugeriu que ela fosse para casa com o carro do jeito que estava e que voltasse no início do ano, após as festas, para então trocar o forro do teto. Simples assim!

Ela acatou a sugestão do seu mais novo amigo (#sqn) e foi para casa...

Você até pode estar pensando agora que não sairia dali com o carro naquele estado, mas, seja sincero... você, dentro do carro que sempre sonhou, com a chave na mão e a emoção à flor da pele, super ansioso pra mostrar a mais nova aquisição aos familiares e amigos, com certeza faria o mesmo, afinal, é um momento mágico!

Passado os dias de festividades de fim de ano, chegou 2016! Logo no início de fevereiro (dia 02 para ser mais exato), ela foi até a Concessionária e deixou o carro para que fosse feito o procedimento de troca.
Nove horas após ter deixado o carro lá, foi avisada de que eles haviam se equivocado no pedido da peça, e por isso não daria para trocar.

Então, ela volta à loja e, como se não bastasse, além do carro não estar com o forro novo, estava sujo, amassado, com as mesmas manchas no painel e, pior, estava sem a tampa traseira do porta-malas! Aí não tem sangue da barata que aguente... ela se indignou e exigiu um carro novo, Zero Km, pois ela havia pago por isso.

Agora, pasme! A resposta do novo "amigo", o vendedor, foi a seguinte: “VOCÊ NÃO ESTÁ NOS ESTADOS UNIDOS!".

Lamentável ter uma resposta dessas frente a uma negociação tão importante. Isto é revoltante!

Bem... descrevi esta situação, não para fazer pouco caso “deste” ou “daquele” e muito menos do carro em questão, mas para deixar um alerta a todos que pensam em trocar de carro ou adquirir o seu primeiro carro.

Não se iluda com promessas! Saiba que em uma negociação é extremamente importante ajustar todos os pontos antes de assinar um papel ou até mesmo tirar dinheiro do bolso.

Quer saber como você pode trocar de carro sem perder dinheiro?

Cadastre seu e-mail e assista a um vídeo que mostra o passo a passo

COMPARTILHE ESTE CONTEÚDO


Sobre o Autor


Foto Autor

João Paulo Machado

João Paulo é um apaixonado por carros, com anos de experiência neste ramo, comunicador, especialista em negociação e vem ajudando pessoas a trocar de carro sem perder dinheiro. [Saiba mais]

Paginação entre posts

Posts Relacionados


Não há posts relacionados.

Comentários


  1. Debrah
    21/11/2016 às 6:34 am

    Always a good job right here. Keep rolling on thhguor.

Deixe o seu comentário