A Procura do Carro Perfeito

A Procura do Carro Perfeito

Compra e Venda | Por: | 15 fev 2016 | 2 Comentários

A procura pelo carro perfeito foge da minha responsabilidade quando se trata de gosto.

Diariamente, eu recebo vários e-mails de pessoas com dúvidas sobre qual carro comprar, mas elas mesmas já têm em mente o carro que querem e, quando escutam alguma posição negativa quanto ao carro escolhido, se sentem ofendidas. Neste caso, eu explico que meu papel é fazer com que elas tenham o carro que tanto querem pelo preço justo, ou seja, elas não vão pagar um valor absurdo (acima do que o carro realmente vale naquele momento), nem absurdamente baixo, pelo simples fato de quererem pagar mais barato.

Eu ensino técnicas para chegar ao valor JUSTO para ambas as partes, afinal, o que está em jogo é uma negociação, onde um quer vender e o outro quer comprar, porém nada justifica o abuso nesta relação de consumo.

Diante destes fatos, resolvi deixar algumas dicas infalíveis que se você aplicar vai sair com o carro que quer, não importando o ano, a cor, o modelo ou até mesmo o fabricante. Se é o que você quer, isso é o que importa!

Vamos lá?

Passo 1: Como procurar

Atualmente, temos nas mãos uma ferramenta de muito valor, que é a internet com seus vários buscadores, dentre os quais posso citar: Mercado Livre, OLX, Grupos no Facebook, WebMotors e tantos outros que são, inclusive, regionalizados. Estes sites de busca podem perfeitamente lhe ajudar a procurar e encontrar o seu tão almejado carro.

Após definir o modelo e ano do carro, utilize o filtro de pesquisa destes buscadores e selecione exatamente o carro que você deseja. Alguns destes filtros permitem "favoritar" e já entrar em contato com o proprietário para que você conheça o veículo. Você, inclusive, pode selecionar os "3 MAIS",  entrar em contato e pedir para fazer um test drive nestes carros. Após dirigi-los, você já terá uma noção de como cada um deles se comportou em diferentes tipos de estrada. A dirigibilidade é muito importante, pois elimina suas maiores objeções e permite que se tenha uma noção do estado de manutenção do carro.

Seguindo esta dica você vai perceber o quanto vale a pena ver de perto os carros e dirigi-los antes de fechar negócio, ainda mais depois de dirigir vários do mesmo modelo.

Lembre-se que se trata de uma etapa muito importante e que você precisa de tempo e paciência.

Passo 2: Depois da escolha

Escolheu? Viu a melhor opção? E não estou falando de preço. Nem sempre o mais barato é a melhor opção, ok?

Bom... escolhido o carro, ainda não é a hora de pagar e sair feliz da vida, afinal de contas é o seu dinheiro que está em jogo, e eu sei que não é fácil juntar um valor, então, vamos manter o foco e continuar atentos.

Na sua cidade, você deve procurar por um local onde faça uma "Vistoria Cautelar" onde você vai precisar investir aproximadamente de R$150,00 até R$300,00 (me diz, quanto vale sua paz e sono tranquilo?). É aqui que você vai saber se o carro escolhido está totalmente de acordo com o que você tanto esperava. Tenha em mente que isso pode evitar transtornos futuros... por exemplo: Imagine que você comprou o carro e, no momento de fazer um seguro, recebe a informação de que não pode ser feito pois o carro é decorrente de algum sinistro (batida) e foi todo refeito. Isso, sim, é uma tremenda dor de cabeça!

Passo 3: Documentação

Ok... agora, vamos pagar... Calma, ainda não! Primeiro vamos ver se está tudo OK com a documentação.

Você deve estar se perguntando: "Mas, precisa realmente de tudo isso?"

Deixa eu te contar a história de quem comprou um carro e teve sérios problemas na hora de transferir. E o carro não estava sendo vendido por um particular, era de uma loja de carros...

A família sai de casa para comprar o tão sonhado carro. Ninguém se prepara... simplesmente saem para comprar um carro.

Param em frente a uma loja, escolhem um carro e, sem muitas perguntas, fecham o negócio. Saem com o carro da loja onde foram muito bem atendidos. Pensam até terem feito um novo amigo, o super atencioso VENDEDOR.

Mas, neste caso, a amizade durou até assinarem o papel e sair com o carro da loja. Quando chegou a hora de transferir o documento é que começou uma verdadeira "via crucis"... a loja já nem atendia mais com a mesma atenção...

Por fim, o comprador teve que contratar um advogado para dar entrada numa ação contra a dita cuja loja. Descobriram que a loja tinha feito um empréstimo milionário e que os carros estavam como garantia, isso mesmo, seria necessário uma Procuração no nome da Financeira para liberar a documentação. Imagina a dor de cabeça! :/

E olha que eu tentei resumir ao máximo esta história de mais de 8 meses de agonia da família.

Acredito que ninguém quer passar por isso!

Evite este tipo de aborrecimento, frustração e constrangimento que geram ainda mais gastos.

Com o documento em mãos, certifique-se de que o nome que consta no documento é o mesmo de quem está negociando com você, caso não seja, a pessoa deve ter em sua posse uma Procuração passando plenos poderes sobre o veículo.

Você tem a opção de pesquisar no site de órgãos como: Secretaria da Fazenda ou Detran do seu Estado.

E sugiro que você faça isso imediatamente! Não deixe nada para o outro dia!

Quer saber como você pode trocar de carro sem perder dinheiro?

Cadastre seu e-mail e assista a um vídeo que mostra o passo a passo

COMPARTILHE ESTE CONTEÚDO


Sobre o Autor


Foto Autor

João Paulo Machado

João Paulo é um apaixonado por carros, com anos de experiência neste ramo, comunicador, especialista em negociação e vem ajudando pessoas a trocar de carro sem perder dinheiro. [Saiba mais]

Paginação entre posts

Posts Relacionados


Não há posts relacionados.

Comentários


  1. JimmiXS
    12/08/2016 às 7:49 pm
  2. Marel
    21/11/2016 às 6:23 am

    That adsedesrs several of my concerns actually.

Deixe o seu comentário